O Brasil tem apresentado números muito promissores quando o assunto é e-commerce, mesmo em tempos onde a economia e o comércio principalmente sentem no caixa os reflexos das grandes mudanças políticas. A internet tem sido grande aliada principalmente por reduzir despesas fixas, custos operacionais, e aproximar o cliente das marcas.

Só em 2016 o crescimento no setor foi de quase 8%, faturando sozinho 44 bilhões de reais.

Você está preparado para embarcar nessa nem tão nova forma de vender? Pode conferir nesse post que fizemos alguns detalhes cruciais para colocar seu negócio no papel, e tornar viável colocá-lo também online.

Para ativar seu negócio é preciso escolher a melhor plataforma de e-commerce para ele, existem várias opções no mercado, uma com certeza será a ideal.

Qual a melhor plataforma de ecommerce para a sua loja?

Tipos de Plataforma

A plataforma faz o papel da sua estrutura física da loja tradicional no universo Online. As preocupações na sua escolha são muito semelhantes, é preciso ter o tamanho ideal para seu público, ser operacionalmente viável, não ter custos fixos maiores do que a possibilidade de renda. São dois pontos distintos a se observar, os recursos oferecidos para que você a administre, em termos técnicos o back-end, e os recursos oferecidos para quem acessa sua loja, o front-end.

Você pode ter uma plataforma:

Aluguel mensal, ou seja, obtendo uma licença de uso (com pagamento fixo de mensalidade ou uma porcentagem sob as suas vendas);

Comprando a licença, com um investimento único em uma plataforma já existente.

Nessas duas opções o tempo de desenvolvimento e adaptação são bem reduzidos, porém como já são modelos pré-desenvolvidos deixam pouca liberdade para personalizações.

Modelos pré-desenvolvidos deixam pouca liberdade para personalizações.

Agora, se o seu negócio precisa de soluções exclusivas, contratar um desenvolvedor é fundamental. Ele poderá comprar o código fonte e adaptar dentro das suas demandas ou ainda recorrer ao Open Source, onde através de um código base sua loja será construída do zero, considerando cada uma das suas necessidades de usabilidade e recursos administrativos.

Antes de escolher preste atenção nos seguintes aspectos:

1. Funcionalidades

Coloque em listas as necessidades do seu negócio, pense tanto na parte administrativa, inclusão de produtos, alteração de valores, controle de estoque. Procure também prever o comportamento do seu consumidor, visualização detalhada de produtos, facilidade em concluir a compra, geração de cupons de desconto para promoções diversas e fluxo fácil de compra para o usuário.

2. Customizações e personalizações

Cada negócio vai exigir uma plataforma diferente, se a sua necessidade de customizações e personalizações for grande as melhores opções são as plataformas Open Source ou comprar um código fonte base para desenvolvimento.

3. Opções de pagamento

O ponto chave em uma compra de sucesso é a forma de pagamento fácil, é nesse ponto que muitas lojas pecam e perdem seus clientes. Cadastros complicados, ou com muitas etapas podem fazer com que seu cliente desista de comprar já no final da operação.

Quanto maior for a gama de opções para o pagamento, maiores suas chances de sucesso.

4. Integrações

A sua plataforma precisa conversar com outras fontes, para que você seja capaz de trabalhar suas informações de forma estratégicas, como ERP, CRM e automação de marketing.

É importante que a plataforma escolhida seja simples o suficiente para que você possa inserir as integrações que precisar ao longo da vida da sua loja, quanto maior sua loja for mais recursos você sentirá necessidade para gerir e expandir seu negócio.

5. Relacionamento com seu cliente

Uma plataforma online no primeiro momento pode dar a falsa impressão que torna o relacionamento cliente-marca mais distante. Na verdade o caminho é o inverso. Apesar de fisicamente distantes é vital que os consumidores tenham acesso fácil e direto com o fornecedor. A plataforma pode oferecer opções como chats online, canais de SAC, avaliação de produtos e área para comentários. Quanto melhor a interação dos consumidores com a sua loja, melhor será o ranqueamento dela no Google.

Existem outros fatores importantes para o sucesso da sua loja virtual que abordaremos mais pra frente, como servidores, sistemas de acompanhamento de vendas, monitoramento de leads e automações de marketing, mas garantimos que, prestando atenção nesta fase inicial do projeto, você terá sucesso e estará apto a crescer cada vez mais com seu negócio.

Equipe UMB Digital