O inbound commerce surgiu nos Estados Unidos e vem sendo fator primordial para determinar o sucesso de uma loja virtual, o termo foi desenvolvido por especialistas em marketing digital para o mercado de comércio eletrônico, segmentando o serviço de inbound e dando muito mais assertividade nas ações e estratégias para lojas virtuais. Mas você já conhece as vantagens do inbound commerce para sua loja virtual? De acordo com a Experian Hitwise a taxa de conversão das lojas virtuais no Brasil é muito baixa, apenas 1,65 a cada 100 pessoas concluem a compra, todas as outras deixam o e-commerce e sem as ações necessárias provavelmente nunca mais retornarão.

Pensando nisso e com o objetivo de ampliar a taxa de conversão das lojas virtuais hoje vamos mostrar quais ações e como utilizar o inbound commerce para conquistar mais clientes para o seu comércio eletrônico.

Como vender mais com inbound commerce

Focar as ações no público-alvo é essencial para se obter sucesso nas estratégias do inbound commerce, já que o correto direcionamento por si só já trará mais efetividade, porém houve a percepção de que as pessoas querem maior interação e buscam um tratamento mais direto. Querem ser chamados pelo nome, querem ser reconhecidos pelo gosto e que você já saiba o que ele consumiu anteriormente e o que busca agora.

Então, a metodologia de trabalhar com esse consumidor também precisa ser modificada. Logo, público-alvo era toda a massa, onde algumas características gerais eram tidas como necessárias para se fazer o marketing. Já hoje, como uma estratégia do inbound commerce a persona passou a ser essencial para ter mais exatidão e assertividade na definição e afunilamento do público-alvo.

Com o perfil definido você deverá iniciar o desenvolvimento de conteúdo para atração, conversão e fidelização desse público. Para isso sempre considere o momento que seu cliente vive e como fazer com que ele evolua no funil de vendas (Topo, meio e fundo).

Confira como funcionam as etapas:

Topo do funil: aqui o lead está em fase de descoberta, pois ainda não tem a necessidade ou ciência do problema, neste caso o foco é criar a necessidade do produto, fazer com que ele entenda que aquilo irá solucionar um problema em sua rotina. Conteúdos aqui tendem a tratar sobre temas mais abertos, apresentando novidades e novas propostas de produtos e suas soluções.

Meio do funil: nesta etapa o lead já possui o desejo e de compra, pois já reconheceu seu problema e está à procura de algo que o solucione. Aqui o desenvolvimento de conteúdo deve focar na apresentação dos benefícios que os seus produtos entregam, já que o futuro cliente está em fase de busca por empresas que entregue as soluções que ele busca.

Fundo do funil: aqui ele já reduziu suas opções e está em fase final no funil de vendas. Comparações minuciosas ocorrem nesta etapa e será onde ele decidirá sobre qual loja virtual escolher. O correto é desenvolver conteúdos muito mais focados na sua marca, mostrando o real benefício que ele terá ao se tornar o seu cliente.

vender mais com inbound commerce

Todo o conteúdo desenvolvido é focado no auxílio a essas etapas, fazendo com que a jornada de compra (Aprendizado e descoberta, reconhecimento do problema, considerando a solução e decisão de compra) ocorra com mais agilidade e com o aumento da taxa de conversão.

Confira as etapas da Jornada de compra:

Aprendizado e descoberta: o início do relacionamento, nesta etapa o cliente ainda não te conhece e não tem certeza de que realmente tem a necessidade de adquirir o produto. Pensando nisso, essa parte da estratégia da jornada de compra se dedica a despertar o interesse pelo produto ou serviço, criar o desejo de conhecer um pouco mais. Temas mais abertos e genéricos sobre o produto/serviço são ótimos, pois as derivações/especificações destes temas serão utilizadas nos próximos passos da jornada de compra.

Reconhecimento do problema: nesta etapa o consumidor já identificou a necessidade e está em buscando entender melhor o seu “problema” e o que fazer. Aqui começam a ter dúvidas mais específicas o que o leva a pesquisar por conteúdos que diferentes dos do Aprendizado e descoberta serão um pouco mais específicos, mostrando que existe uma solução para o que ele precisa.

Consideração e Solução: agora seu cliente descobriu sua necessidade e já conhece algumas informações. A partir deste momento ele está comparando as soluções disponíveis no mercado. Então o foco agora é mostrar detalhes técnicos da solução, comparações e analises meticulosas fazem parte do processo!

Decisão de compra: a partir deste processo o cliente já descobriu, reconheceu o problema, analisou as soluções e por fim está decidido a adquirir o produto. Por ter conhecimento sobre o assunto ele já deve conhecer diversas opções no mercado, bem como suas vantagens e desvantagens. Agora ele estará comparando preços, entregas, formas de pagamento entre outros detalhes. O importante nesta etapa é criar conteúdo que deem destaque a sua marca/produto. Conteúdos que o ajudam a tomar a decisão e fechar a compra são fundamentais.

vender mais com inbound commerce

Crie um Blog

Para a divulgação de seus conteúdos o correto é possuir de forma ativa um blog onde possa publicar seus vídeos, artigos e todo o tipo de conteúdo que desejar para a nutrição desses clientes. Ter um blog é uma das estratégias do inbound commerce, e com ela a busca por desenvolver uma marca sólida e estável no mercado fica bem mais factível. Para isso desenvolva o seu e conquiste espaço e confiança com conteúdos exclusivos e que podem e vão engajar seu público-alvo, tornando sua loja virtual em uma referência, fidelizando e aumentando suas conversões.

Dedique-se a descrição dos produtos

No inbound commerce a descrição dos produtos é levada muito a sério e se torna uma estratégia para ampliação da taxa de conversão de uma loja virtual. Pessoas são muito mais convencidas na hora da compra quando recebem informações exclusivas dos produtos. Quando trazemos essa questão para lojas virtuais, ela se torna ainda mais importante, já que o contato que o lead tem com o produto é através destas descrições e fotos. Por este motivo fuja do básico que são as descrições de fabricantes. Desenvolva descrições exclusivas, faça vídeos apresentando os produtos e seja o mais detalhista possível.

Crie Landing pages

Outra estratégia de sucesso para o inbound commerce ajudar a aumentar sua taxa de conversão é o desenvolvimento de landing pages, com elas você poderá criar campanhas que entreguem materiais engajadores, atraindo ainda mais pessoas e tendo a oportunidade de conquistar dados importantes de quem a está visitando. Com o preenchimento de formulários para entrega destes conteúdos como e-books por exemplo, você conquistará informações muito mais diretas sobre os leads e consequentemente poderá desenvolver campanhas totalmente direcionadas a elas. Outra vantagem das landing pages é além da atração, ampliar as suas chances de conversão, criando promoções e oferecendo cupons de desconto. Tudo isso engaja muito o público e conquistará trafego e vendas para seu e-commerce.

Implemente call-to-actions

Call-to-actions são links ou botões que estimulem seu usuário a realizar uma ação, e a intenção aqui é captar os dados do usuário, as call-to-actions devem ter destaque e devem ser atraentes, mostrando exatamente o que acontecerá se o usuário clicar nelas. Normalmente são apresentando quando o cliente a seta do mouse para a direção de fechar a janela, oferecendo alguma vantagem para permanecer no site, ou aparece solicitando que o lead se inscreva em sua newsletter, ganhando a oportunidade de expandir o relacionamento através da nutrição em campanhas de e-mail, aqui o segredo é usar a criatividade e usar call-to-actions que convertam.

Segmentação e e-mail marketing

Desenvolver campanhas de e-mail é mais uma estratégia do inbound commerce e ter conhecimento em lojas virtuais faz com que o desenvolvimento dessas campanhas sejam mais assertivos, para isso uma ação muito importante é segmentar seus leads de acordo com o perfil e interesse. Podemos através de ferramentas segmentar leads que não acessam o site a mais de 1 mês ou 3 meses por exemplo. Desenvolver uma segmentação específica para clientes que abandonaram o carrinho e os notificar que a compra ainda é possível e o estimular a comprar, já que o produto será visualizado novamente, ou criar campanhas para clientes que compraram um produto específico, o lembrando que está na hora de comprar novamente. Tudo isso é possível com as campanhas de e-mail direcionadas ao mercado de e-commerces.

SEO

O SEO é uma estratégia do inbound commerce que aumenta a quantidade de visitas e leads do seu site e todas as ações acima influenciam nele de alguma forma. Trata-se da otimização da plataforma para que seu site suba no rankeamento e tenha mais visibilidade nos buscadores. O SEO (Search Engine Optimization ou Otimização para Ferramentas de Busca) consiste na adequação do seu site para que ele seja melhor colocado pelas ferramentas de busca.

Sem dúvida se sua loja virtual estiver otimizada corretamente você evoluirá no ranqueamento do Google e através disso conquistará muito mais acessos, e com as ações e estratégias citadas acima a possibilidade de converter mais também será muito maior.

Coloque o que aprendeu em pratica ou contrate um parceiro especializado em inbound commerce para ter mais conversões e sucesso com sua loja virtual.

Equipe UMB