Inbound Marketing e Facebook Ads podem ser parceiros e com excelentes resultados,
se bem dirigidos.

Grande parte de quem tem uma página pública, ou empresarial, já anunciou no Facebook vez ou outra – se não, constantemente o faz! O objetivo claro são as muitas oportunidades de negócios que a ferramenta proporciona. Perceba que, poucas são as vezes em que a compra do produto ofertado ali é realmente adquirido, correto? Sim, curtidas na página e no anúncio são mais fáceis de conseguir, principalmente porque os resultados em relação ao obtido de maneira orgânica aparecem rápido e parecem eficazes. Parecem! Pois, o objetivo principal, que é vender, muitas vezes tornam-se quase que uma missão impossível.

Facebook Ads e Inbound Marketing

Isso acontece porque é necessário o uso da ferramenta de maneira mais profunda, direcionando-a de forma objetiva e realmente útil. Do contrário, ela pode ser quase que apenas um caça níquel para o Facebook e um verdadeiro prejuízo para quem investe!

Segmentação no Facebook Ads

Direcionar idade, sexo, região e algumas outras descrições solicitadas quando anunciamos parecem registrar nossas necessidades, porém, ainda é primordial o direcionamento para, dentro desse público, atingirmos quem de fato pode ter interesse ao que temos a oferecer. E é aí o “X da questão”. Precisamos então, unir o Facebook Ads ao Inbound Marketing para que o anúncio chegue de maneira ativa ao público segmentado de interesse, no caso, meio do funil (utilizado pelo Inbound Marketing), ou, melhor ainda, atinja aqueles que já estão no fundo do funil, e, finalmente, o simples like seja convertido à aquisição do produto, ou, de maneira clara, à compra efetiva.

Assim como trabalhado no Inbound Marketing, ao realizar um anúncio pago, para aumentar uma chance de venda e ser mais certeiro, primeiramente classifique seu desejo de venda em captação de público ou leads. Trabalhe a ideia de quem vê seu anúncio. Transforme e induza essa ideia em necessidade de aquisição. Atrair. Essa é a palavra-chave de quem vai anunciar com o intuito de vender, como dito aqui sobre inbound marketing para e-commerce.

Sim, parece um pouco mais complexo o processo, mas essa é a verdadeira junção do Inbound com o Facebook Ads. Atrair primeiramente para posteriormente converter em venda. É não gastar tempo, e principalmente dinheiro, com um público que vai apenas visualizar seu anúncio e, muitas vezes, nem vai curtir (ou dar um like), já que o assunto não é de interesse dele. Sabe aquela máxima de: “o produto certo no lugar certo”?. Então, é isso. É atraí-lo (quem recebe seu anúncio) para conhecer você, sua empresa e seus produtos para então, num momento oportuno, receber a oferta do que ele precisa.

O cliente vem até você

Disponibilizar justamente o que o cliente procura quando ele já não tem mais opção de busca por informações para o que realmente precisa. É saber que as fontes de informações já se esgotaram e que ele já está decidido pela compra. Assim, ele só precisa clicar em comprar!

Ter a percepção do que está sendo anunciado e o que quem recebe pode buscar. É atrair. É converter. É direcionar a informação certa no tempo certo!

Equipe UMB Digital