No inbound marketing, temos várias ferramentas e estratégias, e cada uma possui sua importância na construção de um bom projeto. No momento de realizar um planejamento não podemos deixar nada de fora, desde desenvolvimento de conteúdos, gestão de leads, gerenciamento de ferramentas, análise e acompanhamento constante do SEO, mídias pagas e outras várias ações e gestões, mas neste post falaremos sobre uma das mais tradicionais e daremos dicas de como rejuvenescer suas campanhas.

O destaque é para a ferramenta que praticamente todos os internautas possuem pelo menos um e-mail, o que já mostra o tamanho do potencial que ela oferece.

O E-mail

Existem no mercado alguns profissionais que marketing que caracterizam o e-mail com algo que está ficando para trás, mas quem pode duvidar do seu poder? Já que mesmo com a opinião de alguns “pensadores” sobre a evolução do email marketing, ninguém deixa de utilizá-lo em suas estratégias, e o mais interessante é que ele converte, engaja e traz resultados.

Dentro das opções para e-mails temos duas estratégias que sempre se mostraram eficientes na conversão de resultados, na conquista e na recuperação de ex clientes o que reduz a base de Churn Rate, na manutenção da fidelidade de seus clientes e no engajamento com a sua marca. Tudo isso resulta em resultados, já que são voltadas a clientes que já compraram ou se cadastraram na sua plataforma.

Agora vamos ver quais são as estratégias e ações e como extrair o máximo de resultado de cada uma delas.

Fluxo de Nutrição

O fluxo de nutrição é o que vincula um lead a sua marca e o mantém engajado por todo o processo da jornada de compra, com essa técnica você poderá disponibilizar conteúdos específicos para cada perfil do lead, de acordo com a definição e segmentação de leads que você escolher. É como se o seu lead escolhesse o que quer receber da sua empresa evitando que sua campanha atropele barreiras e não cause nenhum engajamento em seus leads. Imagine lançar uma campanha de fundo de funil para toda a sua base de clientes, isso não é muito “Smart” já que todos os clientes que ainda estão em evolução na jornada de compra, como meio de funil e topo de funil não irão se sentir atraídos pela proposta oferecida pela sua loja virtual.

Para isso precisamos diferenciar os interesses de nossos leads, e a segmentação é obrigatória para ter sucesso na nutrição dos seus possíveis clientes. Hoje temos no mercado diversas ferramentas que fazem muito bem a segmentação de leads, e até de forma automatizada, como é o caso da nossa parceira Rd Station.

A grande diferença entre email marketing e fluxo de nutrição, é que o e-mail marketing mensura seus resultados através da Taxa de abertura e cliques, o que não é um problema já que para se ter sucesso é muito indicado termos as duas estratégias trabalhando em conjunto, assim nada fica para traz.

Já o fluxo de nutrição foca muito mais em métricas de vendas, pois todo o seu desenvolvimento é focado na agilização da jornada de compra, nutrindo e mostrando para os leads a capacidade e know-how da sua marca, fazendo com que devido á correta gestão dos perfis e respeitando os momentos de cada indivíduo você consiga engajar e converter mais.

Conheça algumas dicas para executar com perfeição o fluxo de nutrição de seus leads

Segmente os Leads

Como dito anteriormente a segmentação dos leads funcionará como um guia de qual conteúdo ser enviado e quando, dessa forma sua campanha ganha muito em assertividade e engajamento. Nós da UMB recomendamos a utilização da ferramenta da RD Station (Maior ferramenta de Inbound commerce do Brasil) para essa e outras tarefas do fluxo de nutrição, para isso oferecemos um serviço de consultoria e gestão desta ferramenta, possibilitando o desenvolvimento de diversas campanhas e garantindo a extração máxima de resultados da mesma.

Defina as campanhas

Construir campanhas oferece a possibilidade de nortear os objetivos a serem alcançados, realize brainstorms com sua equipe de atendimento e vendas, busque por informações relevantes adquiridas por feedbacks de clientes, crie embasamento com situações rotineiras dessas equipes para poder entender o mindset de seus clientes. Pois assim você poderá reunir mais informação para construir campanhas realmente interessantes para seus clientes, aumentando o interesse e engajamento da sua base de leads.

Crie um calendário editorial

Quantas vezes nós como consumidores cancelamos as inscrições em campanhas de e-mails por simplesmente estarmos cansados de receber muitos materiais em pouquíssimo tempo, ou pior, ficar recebendo materiais sem relevância alguma.

Para evitar isso crie um bom calendário editorial, através dele definimos várias estratégias das campanhas de fluxo de nutrição, sendo a principal delas a definição das datas e conteúdos à serem postados.

Um calendário editorial bem construído irá reduzir e muito os famosos “Unsubscribe” (cancelamento da inscrição).

Defina a periodicidade ideal para seu segmento, o recomendado é não enviar mais de 3 e-mails por semana e não passar mais de 7 dias sem enviar nenhum email de nutrição.

Persona

Você precisa ter bem definida a persona do seu negócio, para isso procure, primeiramente, por informações mais gerais: onde mora, se trabalha ou estuda, grau de instrução, qual a principal atividade no tempo livre. Dentro desses exemplos, você já consegue perceber quem não teria interesse por aquilo que você está oferecendo.

Com base nesses dados, você já pode definir novas metas de busca por informações mais detalhadas para definir sua persona. Por exemplo, você já sabe que sua persona é moradora da capital do estado. Agora, seria interessante procurar saber em qual região dessa cidade ela mora. A partir daí você já tem uma possibilidade maior de definir algumas outras características mais marcantes de sua persona. Entendendo a região em que ela reside, você pode definir o bairro, o tipo de moradia, o quanto ganha, quanto costuma investir no dia a dia, o que costuma comprar e onde.

Essas são informações mais específicas, que te auxiliarão a pensar em como definir a forma mais adequada para desenvolver conteúdos dedicados e ter mais foco com sua campanha de fluxo de nutrição.

Com base nesses dados, você já pode definir o conteúdo que irá trabalhar. Você já sabe se o conteúdo que pretende enviar vai ou não agradar sua persona.

Call-to-Actions

Todos os e-mails enviados devem ser acompanhados por call-to-actions, pois é através dessas interações que conseguiremos incentivar a troca de dados entre sua loja virtual e os leads.

Desenvolva um projeto onde o primeiro e-mail seja de agradecimento, e após alguns dias, envie um email destacando conteúdos relacionados aos que você mapeou com a segmentação de leads e ligados ao estágio da jornada de compra, neste e-mail proponha a troca de dados com um formulário para receber um e-book, cupom de desconto, uma análise exclusiva de algum produto, e assim sucessivamente até que seu lead evolua até o final do funil de vendas, deixando sua base mais completa em relação as informações desses leads.

Análise!

Analisar o sucesso ou não da campanha é fundamental para adquirir dados que possibilitam uma verificação aprofundada sobre as conversões e o porquê de possíveis não conversões.

Sempre busque a melhoria contínua de suas ações, só assim você conseguirá se manter no topo e em constante evolução, já que o dinamismo do mercado exige atenção e cuidados diferentes a cada dia.

Newsletter

A newsletter é um e-mail periódico e informativo que não é necessariamente focado em um estilo fixo de email, podendo abordar vários temas.

Toda as campanhas de email tem como meta manter o relacionamento e conquistar novas visitas e consequentemente vendas, e a newsletter é uma ótima forma de conquistar esse objetivo. Através deste tipo de abordagem podemos focar em mais de um nível do funil de vendas, ofertando conteúdos que interessem para diferentes perfis, podendo ser focado em produtos, artigos, campanhas, promoções entre outros que uma loja virtual tenha necessidade. Todo esse contato e engajamento com o cliente traz a fidelização da base e consequentemente a redução do Churn.

Para se ter um newsletter impecável, nós precisamos levar em consideração alguns fatores importantes na hora de definir a estratégia.

Verifique a real necessidade de se ter um newsletter e com qual frequência utilizá-la, pois o excesso e a falta de atividade pode ser muito negativo em razão a satisfação e esquecimento de clientes. Intercale seu newsletter com sua estratégia do fluxo de nutrição e se atente ao número de e-mails semanais para não causar desconforto a seus clientes.

Outro fator a se considerar é a relevância do newsletter para seu público alvo, busque sempre enviar novidades e conteúdos atrativos, mostre que está sempre com algo inédito e que possa surpreender ao acessar o e-mail. Pessoas estão cansadas de ter sempre o mesmo estilo de ofertas ou e-mails, foque em novos produtos, promoções com prazos curtos, dicas de como arrasar com determinados produtos, etc. Tudo isso engaja e mantém a sua base de Leads satisfeita e clicando em seus e-mails.

Cuidado com o “Assunto” do newsletter, aquele que você lê na sua caixa de entrada antes mesmo de acessar o email, esse é um dos principais divisores de águas na hora de conquistar ou perder a atenção do seu Lead, elabore um assunto com muita criatividade e relevância, mantenha o nome da empresa como remetente do email e não se entenda, já que ele deve ser objetivo, criativo e relevante.

Não se torne um spam pelo uso indevido de imagens, a maioria dos servidores de e-mail bloqueiam e-mails com uma única e grande imagem, na utilização ideal de imagens é fundamental o uso do “Alt”, oferecendo uma opção ao usuário, já que ele mostrará um texto no local onde deveria estar exibida a imagem em caso de bloqueio.

Com o constante crescimento dos usuários online e consequentemente com o acesso a e-mails, estas estratégias são essenciais para quem quer ter mais uma alternativa de conversão e comunicação com a base. Percebemos que com o uso dessas estratégias nós podemos converter mais, vender mais, agilizar a jornada de compra e o funil de vendas, fidelizar e tornar a marca em uma referência.

Por isso caso você já tenha uma campanha em andamento, verifique se ela está condizente com as dicas que passamos, e se por acaso não tiver nenhuma campanha de e-mail, a hora de começar e AGORA!

Entre em contato conosco e deixe a UMB aumentar seus resultados!

Equipe UMB