Ter uma loja virtual não é somente cadastrar e vender produtos. Se você pensa assim, prepare-se para conhecer quais são os melhores indicadores de desempenho! Conheça as melhores métricas desenvolvidas para mensurar os resultados das suas ações (os KPIs).

Mas como o KPI pode ajudar?

Em um resumo simples, eles são essenciais para que sua loja virtual transforme suas estratégias de acordo com os dados que você irá adquirir através de análises. Resultando em foco e direcionamento através do planejamento correto das estratégias que já obtém ou não sucesso.

A primeira etapa é entender o que é ou o que são os KPIs!

KPI (Key Performance Indicator) ou Indicador-chave de Desempenho, são métricas desenvolvidas para mensurar resultados de ações que você realiza. Através delas você consegue mensurar o sucesso ou fracasso de algumas áreas da sua Loja virtual. KPI é a maneira mais eficaz de mensurar resultados e definir estratégias.

Hoje devido ao grande acervo de informações que temos através da tecnologia, foram desenvolvidos KPIs para diversas áreas, e se tornaram comuns em diversos mercados, digitais ou não.

KPI e métricas são a mesma coisa?

Métricas: São meios definidos para análise, monitoramento e avaliação de dados que oferecem respostas necessárias para o sucesso das suas estratégias de maneira simples e eficiente.

Existem métricas que são específicas, enquanto outras exigem informações que podem ou não já estarem disponíveis em sua empresa, fazendo com que sua loja virtual venha a adotar o registro de informações antes não relevantes a você, mostrando a importância de cada dado adquirido no final.

A principal questão das métricas é ter a certeza do que deve ser analisado para que utilizá-la e o porquê utilizá-la.
Quando você perceber que uma métrica é essencial para o sucesso do seu negócio e para a definição de suas estratégias, ela se torna um KPI (Indicador-chave de Desempenho).

KPI: Um KPI, é o indicador chave para o seu negócio, e em uma loja virtual isso não é diferente. Sua importância é crucial para que você consiga evitar falhas graves, ter sucesso e se destacar.

Veja a seguir quais são os melhores KPIs para Lojas Virtuais:

Ticket Médio

Este KPI é simples, mas é tão valioso para sua loja virtual quanto os outros. Ele mede o quanto seus clientes estão gastando na sua loja virtual.
O cálculo é por um período de sua escolha, podendo ser semanal, mensal ou trimestral por exemplo, nele considera-se o Total Faturado pela sua loja virtual, dividido pelo Número de pedidos.
Ações de Cross-selling e Up-selling são bem-vindas e fomentam negócios visando ampliar o seu ticket médio.

CAC

CAC nada mais é do que o custo de aquisição de cliente. Através deste KPI você consegue saber se está gastando mais do que deveria para conquistar um cliente e poderá redefinir suas estratégias da área de marketing e de vendas.
O cálculo do CAC é simples, nele considera-se o valor Investido em marketing, mais o custo da sua área de Vendas e/ou Tecnologia, dividido pelo número de clientes conquistados no mesmo período.

Taxa de Conversão

Taxa de conversão é um dos KPIs mais importantes para qualquer tipo de empresa, e para Lojas Virtuais não é diferente, já que ele mede o número de visitas x o número de vendas realizadas em um determinado período.

Essa métrica mostra a importância de duas frentes ao seu e-commerce, o da Atração de Leads e o da Conversão de Leads, afinal, não é nada recompensador você ter muitos de acessos ao seu site e nenhuma venda dentro dele, e é aí que entra a importância do Inbound Commerce para sua loja Virtual.

Taxa de Rejeição

A taxa de rejeição é encontrada através da ferramenta do Google Analytics, ela mede o percentual de visitas que ocorreram em sua página onde o visitante não realizou mais nenhuma interação com sua loja virtual, ou seja, ele chega até você por uma página do seu site (como a página de um produto ou um blog post por exemplo) e não migra para outras páginas que seu e-commerce oferece.
Normalmente a taxa de rejeição está ligada ao layout da seu e-commerce, a analise deve ser realizada tanto no Mobile quanto no desktop, pois assim você conseguirá mensurar em qual das plataformas a rejeição é maior.
Para ser considerada acima da média, ou seja, ruim, está taxa deve estar acima de 85%, sendo que o normal de mercado está com os valores entre 60% a 80%.
Estratégias como a inserção de produtos relacionados e Links para blog Posts referentes ao produto e vice-versa são bem efetivas, pois viabiliza o trânsito pela sua plataforma.

Tráfego da Loja

Saber o quanto e em qual período sua loja virtual é mais visitada é muito importante, e entender em quais momentos ocorre queda no número de acesso é tanto quanto.
Esta KPI é extraída de algumas ferramentas, entre elas uma ótima opção é a aba Sessões dentro do Google Analytics. Nela você conseguirá analisar gráficos, e verificar como está o tráfego dentro da sua loja virtual, possibilitando o desenvolvimento de estratégias específicas. Propiciando realizar ações de engajamento e nutrição de leads para fomentar a base a acessar o site em momentos de baixa, revertendo situações em que sua loja virtual tinha quedas no número de acessos e consequentemente no resultado de vendas.

Canais de aquisição

Este KPI é de suma importância para o desenvolvimento de campanhas de Adwords ou Facebook Ads por exemplo. Pois através dela você conseguirá saber de onde está vindo o tráfego e o qual delas está gerando mais conversões. Podendo assim direcionar campanhas, buscando melhorar a assertividade da ferramenta, como ações que visam impulsionar o que já está trazendo resultado, visando aumentar o seu ROI.
Como na KPI Tráfego da Loja, você conseguirá obter os dados através de ferramentas disponíveis na internet, e o Google Analytics é uma delas.

ROI

O ROI (Retorno sobre o Investimento) mensura o quanto você está obtendo de retorno sobre o custo de suas ações de marketing. Ele favorece decisões e melhorias em campanhas como torna claro a análise de resultados.

O cálculo é realizado da seguinte forma:

Receita do Investimento – Custo do Investimento / Custo do Investimento.
Multiplique o resultado por 100 para ser visualizá-lo em percentual (%)

Exemplo:

  • Campanhas de Facebook Ads R$500,00 + Adwords R$500,00
  • Vendas conquistadas R$3.000,00

calculo roi

O seu ROI é 2, o que significa que para cada R$1,00 investido você obtém uma receita de R$2,00.

LTV

O LTV (Life Time Value ou Valor do tempo de vida do Cliente) é mais voltado as Lojas Virtuais que fornecem serviços, que recebem mensalidades, pois ele mede o quanto seu cliente gera de receita durante o tempo que ele utiliza seu serviço, oportunizando a realização de planejamentos mais assertivos já que você consegue extrair uma média de receita gerada por seus clientes e desenvolver projeções de faturamentos, fornecendo uma base concreta para realização do seu planejamento de investimentos na empresa.
Porém para lojas virtuais que comercializam produtos ela também pode ser aplicada, já que você pode utilizar o valor do seu ticket médio como referência e a frequência de compras do cliente e o tempo de relacionamento.
O cálculo do LTV é feito através da seguinte multiplicação:

Valor do seu Ticket médio
X
Tempo de relacionamento dos clientes
X
Número de compras realizadas.

Dessa forma obtém-se o valor médio que seu cliente gera pelo tempo em que ele é ativo em seu negócio, oferecendo a oportunidade entre outros a de análise de precificação de produtos.

Abandono de Carrinho

Normalmente o abandono de carrinho está ligado a valores que são apresentados no momento da finalização da compra, fretes e custos adicionais de cartão ou boletos. Outra possibilidade é a não maturação do Lead, ou seja, ele ainda não está preparado para finalizar a compra, ou está pesquisando valores em concorrentes.
A análise de abando de carrinho pode ser realizada através do Google Analytics, oferecendo a oportunidade de desenvolver campanhas de remarketing como a automação do envio de e-mails para essa situação, reforçando o produto e até mesmo oferecendo um cupom de desconto após um período.
Outra forma de amenizar o abandono é ser o mais transparente possível antes mesmo de chegar ao carrinho, evitando surpresas desagradáveis, cuidar bem da descrição do produto é uma das estratégias, fazendo com que seu Lead migre para a página do carrinho sem dúvidas.

Churn Rate

Churn é a sua base inativa, ou seja, clientes que em algum momento realizaram uma compra com a sua loja virtual e por algum motivo nunca mais retornaram. Trabalhar essa base com nutrição de conteúdo e campanhas específicas mostra-se além de essencial, muito retribuidora, pois o retorno do relacionamento é uma estratégia muito eficiente, é através desta ação que você pode consertar possíveis falhas no relacionamento com clientes como resgatar clientes que simplesmente foram para a concorrência por pesquisas de preço por exemplo, não pesquisando mais em sua loja virtual. É bem interessante focar na geração de newsletters e landing pages especificas, já que por serem “Ex Clientes” você possui amplo acesso às informações como email, telefone e última compra o que já deixa claro que tipo de produto ele se interessa.

Todos esses são KPIs essenciais para o monitoramento e desenvolvimento de estratégias para sua loja virtual. Com eles você não deixará passar nada despercebido e construirá uma base sólida de dados para desenvolver as melhores estratégias e campanhas para sua loja virtual.

Confira aqui 8 dicas de como evitar que seu e-commerce vire um fracasso!


Equipe UMB